Saiba como fazer gestão de tarefas e delegar com sucesso

5 de dezembro de 2017, às 14:00

A posição de destaque que gestores ocupam nos processos empresariais é como uma faca de dois gumes: reconhecimento quando tudo vai bem e cobranças excessivas quando as coisas não saem como planejado. Por isso, para garantir o sucesso da equipe e conquistar bons números para a companhia, uma boa gestão de tarefas é fundamental.

Veja as melhores formas de delegar, acompanhar e orientar a distribuição de tarefas com sua equipe.

Conhecer a equipe

O primeiro passo da gestão de tarefas é conhecer bem sua equipe. Isso envolve estar consciente das qualidades e fraquezas, tanto da equipe, de forma coesa, quanto em relação a cada profissional.

Conhecer o perfil de cada um, habilidades, competências, talentos e dificuldades será um ponto decisivo na hora de distribuir as tarefas de acordo com o melhor de cada um. Investir nos talentos individuais é a melhor solução para manter a execução das atividades com eficiência e garantir a satisfação do profissional durante o trabalho.

Abordar com precisão

Saber a diferença entre autoridade e autoritarismo é decisivo na hora de delegar tarefas. Isso porque a forma como a delegação é feita pode gerar atritos que vão atrapalhar o andamento do trabalho e indispor o clima entre os profissionais.

Na hora de delegar uma tarefa, tenha objetividade e clareza na fala: explique bem o que deverá ser feito, os procedimentos e as expectativas que giram em torno da tarefa.

Como toda boa comunicação interna, o diálogo deve ser recíproco. Crie espaços em que os demais profissionais tenham liberdade para questionar e expor opiniões.

Definir prazos e metas

Como parte do diálogo claro é essencial deixar os prazos estipulados para cada tarefa, assim como as metas e objetivos que elas têm. Com os prazos acordados, fica mais fácil para você avaliar a atividade e o próprio desempenho do profissional.

Acompanhar o desenvolvimento das tarefas

Uma vez delegadas as tarefas, você deve acompanhar seu andamento. Uma das melhores maneiras de se fazer isso é por meio da automação dos processos empresariais, que integram e agilizam as tarefas, permitindo o monitoramento. 

Ter um canal de diálogo aberto entre a delegação e a entrega final da tarefa ajuda a manter a qualidade do trabalho e evita frustrações ao final.

Dar um feedback

Como forma de melhorar o desempenho da equipe, alavancar os números de produtividade e qualificar as tarefas, o feedback é uma ferramenta muito útil.

Esse retorno ao fim das atividades pode ser dado de forma individual, criando inclusive um índice de desempenho que funcione como métrica de avaliação. Isso também pode ser realizado em equipe. Ou seja: avaliar o trabalho de cada um e também analisar o trabalho do grupo.

Trabalhar a autonomia

O sonho de todo gestor é que as tarefas sejam entregues dentro das expectativas, certo? Por isso, trabalhar a autonomia e confiar nos profissionais da sua equipe é a chave do sucesso. Incentive o crescimento de cada um e mostre a importância do trabalho individual para o sucesso coletivo.

Crescer como gestor de tarefas

O resultado do trabalho em equipe vai impactar diretamente a imagem que você, gestor, tem na empresa. O que está em jogo é sua capacidade de liderança e de fazer com que os demais profissionais também consigam dar o seu melhor para o crescimento financeiro da empresa.

Aplicando essas dicas em gestão de tarefas, sua avaliação melhora e você consegue ir para casa ao final do dia de trabalho com a sensação de dever cumprido!

Gostou desse post sobre a eficiência na gestão de tarefas? Quer ter mais ideia para ajudar em seu trabalho? Para acompanhar nosso conteúdo e saber das novidades da área, curta nossa página no Facebook!

Curtiu esse conteúdo?

Compartilhe nas redes sociais. ;)

E assine nossa newsletter para receber muito mais conteúdo direto no seu e-mail.