Quais os efeitos do absenteísmo e como evitar na sua empresa

11/02/19
4 min de leitura

O absenteísmo, termo que designa um alto número de faltas ao trabalho, atrasos ou saídas antecipadas, é um ótimo indicador para verificar se a gestão corporativa está sendo eficiente, pois pode apontar problemas como baixa remuneração, condições de trabalho ruim, um ambiente de trabalho pouco saudável, entre outros.

As faltas recorrentes dos profissionais podem ser uma verdadeira ameaça para os negócios, já que afetam a produtividade das equipes, desperdiçam tempo e sobrecarregam outros colaboradores, que são obrigados a assumir as funções do faltoso. 

Visando a ajudar a contornar esse problema, listaremos a seguir as principais causas e consequências do absenteísmo nas empresas, e daremos dicas para prevenção. 

As principais razões para o absenteísmo

Em muitos casos, o absenteísmo é um sintoma da insatisfação do funcionário com a empresa, seja por conta da má gestão, da falta de estrutura, da inexistência de um plano de carreira ou da remuneração abaixo do esperado. 

Também devemos levar em consideração a falta de motivação das equipes, já que quando os membros se sentem pouco comprometidos e valorizados, tendem a faltar mais ao trabalho, ou a chegar atrasados sem justificativa. A falta de engajamento pode se dar por vários motivos, como a falta de perspectiva de carreira ou a má relação com o chefe ou com os colegas de trabalho, por exemplo. 

O ambiente de trabalho também é um fator que pode aumentar o absenteísmo, já que um clima organizacional que não seja saudável, amigável, organizado e acolhedor afasta os profissionais. Para reverter esse quadro e encontrar soluções, é preciso descobrir a causa e, assim, buscar as melhores estratégias para tornar o ambiente de trabalho mais harmônico. 

 

Os efeitos negativos do absenteísmo nas empresas

Um alto índice de absenteísmo pode prejudicar a empresa de várias maneiras. Primeiro, ele pode gerar gastos com horas extras de outros funcionários, que terão que cobrir as funções executadas pelo colaborador ausente. Isso também acaba por estafar mais a equipe, que fica sobrecarregada e rende menos. Em alguns casos, é preciso até mesmo contratar temporários para suprir essa falta, o que aumenta ainda mais as despesas. 

Além disso, o absenteísmo diminui a produtividade, já que há menos profissionais envolvidos nas tarefas, o que faz com elas levem mais tempo para serem realizadas. Ou, na pior das hipóteses, o trabalho pode não ser concluído em tempo hábil, gerando atrasos e perdas de prazos importantes para a empresa. 

Isso tudo gera custos, que podem trazer prejuízos no fim do mês. Daí a importância de o gestor ficar atento ao índice de absenteísmo e buscar tomar medidas precocemente para diminuir os impactos negativos para os negócios. 

Como prevenir o absenteísmo em sua empresa

Existem estratégias que podem ser utilizadas para diminuir o absenteísmo na empresa. Abordaremos algumas delas a seguir. 

Construa um ambiente agradável de se trabalhar 

Uma coisa é certa: ninguém produz bem em um ambiente desconfortável. Por isso, é fundamental oferecer um ambiente de trabalho saudável e estimular a cooperação entre as equipes, com uma cultura de feedbacks e o investimento em equipamentos que proporcionem o máximo de segurança e conforto para que todos possam cumprir suas funções da melhor forma. 

Faça pesquisas de clima regularmente

Para melhorar o clima dentro da empresa e, consequentemente, aumentar o bem-estar, é necessário coletar um feedback dos colaboradores. Por isso, é importante realizar pesquisas de clima visando a medir a satisfação e, com base nas respostas obtidas, procurar soluções para resolver os problemas relatados e melhorar os resultados. 

Vale dizer que, para obter respostas realmente sinceras, é essencial que a pesquisa seja respondida de forma anônima. 

Tenha processos seletivos mais eficientes

Para evitar o absenteísmo, é interessante recrutar profissionais que estejam alinhados com os valores e objetivos da empresa. Assim, uma ótima dica é elaborar um processo seletivo inteligente, que foque não apenas nas competências e experiências desejáveis para a função, mas que também busque candidatos cujos perfis sejam similares à cultura organizacional. Isso evita que os colaboradores se sintam insatisfeitos e desmotivados no futuro. 

Estimule os profissionais de seu quadro

Além de oferecer um clima agradável e um ambiente de trabalho confortável, também é importante estimular os colaboradores oferecendo a eles um salário justo, uma boa carteira de benefícios, plano de carreira e outros incentivos que aumentem a satisfação, ajudem a motivar e valorizar os profissionais e, por consequência, diminuam o número de faltas. 

Como você pode perceber, altos índices de absenteísmo podem ser um problemão se não forem bem administrados, mas trata-se de uma situação que pode ser prevenida (ou revertida) com a adoção de estratégias simples visando a aumentar a motivação e a melhorar o ambiente de trabalho. 

E aí, como anda esse índice em sua empresa?