Planejamento orçamentário para 2019 – Já é hora de começar!

7/11/18
4 min de leitura

Chegamos em novembro e, após várias turbulências, 2018 está chegando ao fim. Para as empresas, este é o momento ideal para começar a realizar o planejamento para 2019 e garantir que, quando o novo ano se iniciar, tudo esteja perfeitamente alinhado. Um dos pontos mais importantes dos preparativos para o próximo ano é o planejamento orçamentário, afinal, sem ele, nenhuma ação poderá ser realizada. 

Neste post, vamos falar sobre a importância do planejamento orçamentário para a empresa e dar algumas dicas de como torná-lo mais efetivo. 

Relembrando o que é o planejamento orçamentário

O planejamento orçamentário é, nada mais, nada menos do que a previsão das receitas, dos custos, das despesas e dos investimentos da empresa para o próximo ano.

Na prática, funciona como uma espécie de “contabilidade ao contrário”, uma vez que a contabilidade se ocupa do registro de entradas e saídas de dinheiro que já ocorreram na empresa, enquanto o planejamento orçamentário pretende antecipar o que está por vir.

A função do planejamento orçamentário é orientar melhor o controle do orçamento da empresa. Ele também serve para fixar os objetivos e estratégias, quantificar as atividades e cronogramas e até mesmo para otimizar o uso dos recursos. 

Não se trata, porém, de um “chute”, mas sim de uma previsão bem fundamentada em dados empíricos, como os números do planejamento estratégico e operacional e o histórico dos anos anteriores. O planejamento orçamentário engloba várias etapas. Já explicamos sobre elas nesse post

Como não errar no planejamento orçamentário de 2019

É fundamental que o planejamento orçamentário esteja alinhado com as propostas e expectativas da empresa no que se refere aos investimentos, a rentabilidade, o mercado e as prospecções. Ele também precisa refletir a situação política e econômica do Brasil para ser o mais realista possível.

Também é importante não colocar o planejamento em um pedestal, sem possibilidade de mudanças. O planejamento orçamentário deve ser passível de ajustes e melhorias de acordo com o cenário. A empresa deve ter um plano de ação para alterar qualquer fator do planejamento e corrigi-lo quando necessário. Somente dessa maneira será possível alcançar resultados realistas dentro do contexto do negócio.

O planejamento orçamentário, quando bem feito, ajuda a apontar um caminho, mas não pode e nem deve ser visto como uma verdade absoluta, nem se descolar do cenário real. Para ter o melhor retorno, pode ser necessário revisar o planejamento para que a organização consiga alcançar o que foi projetado anteriormente. 

Outro fator fundamental para o sucesso é ter metas definidas. O plano orçamentário deve ser o mais preciso possível, com metas e objetivos realistas e bem delimitados para viabilizar o crescimento da empresa. Vale dizer que não basta apontar um objetivo “genérico”: é preciso também explicitar as ações que deverão ser realizadas para chegar ao resultado esperado. Assim, será possível criar um planejamento bem estruturado e realmente factível. 

Um erro muito comum, e que deve ser evitado, é não contar com o apoio de aparatos tecnológicos para auxiliar nesse processo. Realizar o planejamento orçamentário com o auxílio de um software de gestão financeira, como o MyFinance, garante que sua empresa vai estar extremamente bem preparada no ano que vem.

Com essa solução, também é possível acompanhar o movimento bancário da empresa em tempo real e na palma da mão, acessar relatórios detalhados, automatizar tarefas, tudo para otimizar o tempo e reduzir custos. Além de ser extremamente eficiente no controle financeiro, o MyFinance é seguro e simples de usar, e sofre atualizações constantes para proporcionar sempre a melhor experiência ao usuário. Sem dúvida, pode ser uma mão na roda na hora de realizar o planejamento orçamentário para 2019!

O planejamento orçamentário é um passo fundamental para o desenvolvimento e a prosperidade da empresa, e por isso é necessário tomar todo o cuidado do mundo na hora de realizá-lo. Fique atento aos erros e revise tudo para que o planejamento seja realizado com o máximo de precisão e, assim, a empresa consiga resultados positivos.

Como você pode perceber, não dá para realizar um bom planejamento orçamentário com pressa! Trata-se de uma tarefa que demanda muito tempo, energia e atenção para reduzir o risco de erros ou esquecimentos. Por isso, nada de deixar para a última hora e colocar tudo a perder. A hora de planejar e orçar 2019 é agora! 

Se este post foi útil para você, compartilhe em suas mídias sociais e continue nos acompanhando para mais artigos e dicas sobre gestão corporativa sem complicações.