Entenda a importância do ROI para o crescimento do seu negócio

O retorno sobre investimento (ROI – do inglês, Return On Investment) é uma das métricas mais importantes para qualquer negócio. Versátil, ela pode ser calculada para todo tipo de investimento mensurável e fornece informações importantes.

Para o crescimento da empresa, essa análise também tem a sua relevância e ajuda a empresa a conseguir mais robustez e resultados melhores. Por isso, entenda a seguir a importância do ROI para o crescimento do seu negócio.

O que a análise do ROI mostra?

O ROI é calculado, basicamente, pela relação entre os ganhos gerados por um investimento e o valor que foi investido inicialmente, Assim, sua equação é dada por:

ROI = (Valor gerado pelo investimento – Valor inicial do investimento) / Valor inicial do investimento

Se você investiu R$ 20 mil e obteve ganhos brutos de R$ 50 mil, então o valor gerado pelo investimento foi de R$ 30 mil. Nesse caso, o ROI é de 1,5 ou 150%.

Por outro lado, se o retorno tivesse sido de R$ 15 mil, o ROI seria negativo e teria o valor de -0,25 ou -25%.

A análise dessa métrica mostra, portanto, se um investimento é rentável ou não e o quanto ele é benéfico para o negócio. Quanto maior é o ROI encontrado, mais o investimento rende dinheiro, levando ao melhor aproveitamento de recursos.

De maneira oposta, um ROI negativo indica que o negócio perdeu dinheiro ao fazer esse investimento. Por mais que ele tenha gerado algum lucro ou ganho, não foi o suficiente para cobrir o valor aplicado e para ser vantajoso para o negócio.

Já um ROI nulo indica que o investimento foi indiferente e serviu simplesmente para o negócio trocar dinheiro.

Qual a importância do ROI para o seu negócio?

O crescimento de um negócio precisa ser estruturado e tão sustentável quanto possível. Isso evita um inchaço na estrutura, o que poderia levar à falência. Para que o crescimento seja possível, é necessário fazer os investimentos certos — e é aí que entra o ROI. Entenda melhor sua importância:

1. Prioriza os investimentos mais rentáveis

Os recursos de um negócio, destinados a seu crescimento, são naturalmente limitados. Não sendo possível fazer tudo de uma vez, é preciso priorizar alocações de recursos. Com isso, o ROI serve justamente para priorizar investimentos.

A partir dos cálculos de retorno, a gestão financeira pode dar preferência para investimentos com retorno maior, favorecendo o desenvolvimento do empreendimento.

2. Contribui para o planejamento estratégico

A partir dessa priorização de investimentos e análise de resultados, fica mais fácil planejar os próximos passos para o negócio — inclusive a respeito do crescimento.

Em vez de apenas empreender ações aleatórias para o desenvolvimento, com o ROI a gestão consegue traçar estratégias claras que levem aos resultados esperados.

3. Apoia a tomada de importantes decisões

Por si só, o ROI oferece uma importante fonte de informação para a gestão. É possível entender se um investimento foi ou não benéfico, o que precisa mudar no futuro e quais são os melhores investimentos para cada situação.

Com isso, há um ganho em assertividade na tomada de decisão. Isso diminui as chances de a gestão ter que tomar uma decisão puramente subjetiva, diminuindo, também, as chances de que erros aconteçam.

4. Otimiza o lucro da companhia

Ter uma empresa lucrativa é um dos principais objetivos dos gestores. Pois bem, o cálculo do ROI contribui nesse sentindo. Com ele você pode eliminar os investimentos ineficazes, aumentando assim a lucratividade da empresa.

Com o apoio desse indicador você pode usar o dinheiro da companhia da melhor maneira possível, investindo no que realmente tem dado resultado para a empresa.

5. Desenvolve uma cultura focada em resultados

Uma cultura é o conjunto dos hábitos, crenças e valores de uma companhia. Para muitos, uma boa cultura é mais importante do que qualquer estratégia de atuação. Então é importante desenvolver uma cultura focada em resultados.

Para isso não basta dizer, é preciso mostrar para os funcionários que a empresa aprecia, deseja e monitora os resultados alcançados. Nesse último caso, o ROI possui um importante papel.

6. Cria projeções para o futuro

O ROI também pode ser usado para elaborar projeções para o futuro. Imagine que você deseja comprar uma máquina hoje, mas não sabe se será realmente um bom investimento. Então utilize o cálculo e terá uma boa projeção de retorno.

Como usar o ROI corretamente em seu empreendimento?

Após calcular o ROI, é importante saber agir de forma estratégica e aproveitar o máximo das informações obtidas. Veja como usar esse indicador corretamente:

1. Inclua as despesas indiretas no cálculo

É comum incluir apenas as despesas diretas no cálculo, como o valor do software contratado, panfletos impressos, etc., o que é um erro. No cálculo, também é necessário acrescentar as despesas indiretas, assim encontrará um resultado mais preciso.

Imagine que você comprou uma impressora nova para o seu negócio, por exemplo. Ao calcular o retorno dessa compra, você não deve avaliar apenas o custo da impressora, mas também da tinta e dos papéis que serão usados.

2. Tenha paciência para alcançar os resultados

Nem todo resultado chega do dia para a noite. Por isso, se em um primeiro momento o seu ROI não foi satisfatório, não seja precipitado em cancelar o investimento sem uma boa reflexão.

Em alguns casos, o retorno dependerá de alguns anos de investimento contínuo. Isso vai depender da grandeza e complexidade dos resultados que você deseja.

3. Compartilhe os resultados obtidos com a sua equipe

Você deve compartilhar as informações obtidas com a sua equipe, isso contribuirá para manter os colaboradores engajados e alinhados com o objetivo da empresa. Além disso, contribuirá para dar mais transparência ao negócio e melhorar o clima organizacional.

Você deve escolher a ferramenta certa para se comunicar, seja por meio do e-mail corporativo, intranet ou sistemas especializados. Além disso, é necessário agendar reuniões e buscar insights para a melhoria contínua.

4. Defina metas que sejam relevantes e desafiadoras

O ROI deve ser transformado em meta, seja com o objetivo de reduzir despesas ou atingir uma maior eficiência relacionada ao investimento feito. Isso contribuirá para tornar o negócio mais competitivo, saudável e atraente para investidores.

Um ótimo modelo de meta é o SMART, acrônimo de cinco palavras do inglês. As metas devem ser: específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes para o crescimento e temporais — com tempo bem definido.

5. Identifique os responsáveis pela melhoria

Toda organização deve investir em um processo de melhoria contínua dos resultados. Ainda que o retorno obtido seja satisfatório, você deve buscar otimizá-lo a cada dia. Para isso, é importante definir um responsável pela melhoria.

Isso acontece porque nenhum empreendedor ou gestor é um super-herói, capaz de fazer tudo sozinho. É importante descentralizar as tarefas, atribuir responsabilidades. Então defina o responsável pela melhoria do ROI.

O ROI é fundamental para o crescimento do seu negócio porque ajuda o planejamento, a priorização de investimentos e, principalmente, a tomada de decisão. Com isso, a gestão fica mais robusta e assertiva, favorecendo o crescimento do negócio.

Agora que já entende a importância do ROI para o seu empreendimento, aproveite para compartilhar suas dúvidas ou experiências. Deixe seu comentário em nosso post!

Nexaas Soluções