Como vencer o desafio da emissão de NF-e para e-commerce

15 de janeiro de 2018, às 17:24

Com o aumento da participação das vendas online no Brasil, cresceu o interesse nos impostos provenientes dessa receita. Por conta disso, houve recentemente alterações nas regras do ICMS e, no início de 2016, uma nova regra acabou dificultando a vida do varejista online: a Emenda Constitucional 87/2015, idealizada com a intenção de partilhar o ICMS entre os estados de origem e destino, determinou que as empresas precisariam recolher a diferença do imposto em operações interestaduais destinadas a consumidores finais não contribuintes do imposto em operações não presenciais, medida que afetou principalmente os e-commerces.

O impacto da Partilha do ICMS para e-commerces

Antes das mudanças nas regras, as lojas online podiam vender com a alíquota interna do ICMS do estado em que estavam sediadas, mesmo que a venda fosse feita para consumidores de fora desse estado. Com a  alteração, entretanto, isso não é mais possível: ao vender para consumidores de fora de seu estado, a loja precisa aplicar a alíquota interestadual e recolher a diferença desta alíquota para a alíquota do estado de destino da mercadoria vendida.

Além disso, as lojas online agora precisam identificar a melhor forma de recolher esses impostos. Caso a empresa não possua inscrição na UF de destino, ele deverá ser recolhido a cada operação. Já se o remetente for inscrito na UF de destino, esse recolhimento pode ocorrer sempre em uma data fixa.

Com essas mudanças, não foram apenas os prazos de entrega, o fluxo de operação e os custos operacionais dos e-commerces os afetados. Surgiu também uma nova dificuldade: a de emitir notas fiscais dos produtos vendidos considerando todas as alíquotas corretas.

O Emites e os templates tributários

Para facilitar essa tarefa, o Emites, software desenvolvido pela Nexaas para emitir notas fiscais eletrônicas automaticamente, vem a calhar. Com ele, é possível emitir notas provenientes dos mais variados dispositivos de forma rápida, sem erros de cálculo e com toda a segurança necessária para esse tipo de operação.

O Emites é inovador porque conta com a exclusiva funcionalidade dos templates tributários, isso é, modelos pré-definidos de templates que o contador da empresa parametriza de acordo com as especificidades fiscais do seu negócio.

Essa função é fundamental para contornar a dificuldade de emissão das notas fiscais proveniente da Emenda Constitucional 87/2015, porque os templates tributários podem ser personalizados com as alíquotas e parametrizações necessárias. Desse modo, quando uma ou várias emissões forem requisitadas, o sistema automaticamente procura pelo modelo com aquele serviço e aplica as regras na nota emitida, de um jeito fácil e rápido, sem cálculos infinitos e complicações desnecessárias.

No caso do cálculo da partilha de ICMS, por exemplo, o template tributário pode ser utilizado para aplicar automaticamente a alíquota interestadual no caso de vendas para fora do estado-sede da empresa, e para calcular o Diferencial de Alíquota nas operações interestaduais do e-commerce. Além disso, após feitos esses cálculos, o próprio software é capaz de emitir a nota fiscal eletrônica e enviá-la automaticamente ao cliente por e-mail. Com isso, a empresa ganha tempo, diminui os custos e reduz a possibilidade de erros nas emissões de NF-e.

Os templates tributários do Emites prometem revolucionar o varejo online com sua praticidade. Quer experimentar gratuitamente esse serviço em sua loja online? Então experimente o Emites gratuitamente por 15 dias e veja os resultados na prática!

Curtiu esse conteúdo?

Compartilhe nas redes sociais. ;)

E assine nossa newsletter para receber muito mais conteúdo direto no seu e-mail.