Aprenda a ser mais estratégico no planejamento financeiro empresarial

1 de dezembro de 2017, às 14:00

O planejamento financeiro empresarial é uma ferramenta imprescindível para realizar uma boa gestão financeira. Muitos departamentos desse tipo se preocupam somente com as atividades operacionais do cotidiano, como controle de contas a pagar e a receber. No entanto, para a sobrevivência e o desenvolvimento de qualquer empresa, são necessários procedimentos mais estratégicos.

Pensando nisso, reunimos, neste post, algumas dicas para que você possa ser mais estratégico(a) na sua gestão. Boa leitura!

Tenha profissionais capacitados na área

Pouco importa se a pessoa especializada no setor financeiro é um colaborador contratado pela sua empresa ou se o serviço é disponibilizado em forma de uma consultoria externa. O importante é ter o auxílio de alguém (ou de uma equipe, dependendo do porte do empreendimento) que realmente compreenda bem do assunto no momento de elaborar o planejamento financeiro.

Conheça a situação da empresa analisando o fluxo de caixa

Antes de iniciar o planejamento financeiro, é necessário conhecer a realidade econômica do seu negócio. Aqui, a análise do fluxo de caixa e do balanço patrimonial é essencial para identificar quais são os custos (fixos e variáveis) de operação, os pontos fortes que devem ser preservados e os negativos que podem ser aprimorados.

Nessa etapa, aproveite para conhecer toda a empresa, elaborando ainda um planejamento financeiro vinculado à produção, às vendas e ao atendimento ao cliente. Depois disso, você conseguirá avaliar se os resultados estão batendo com as metas definidas.

Obtenha informações, opiniões, sugestões e defina um estudo de viabilidade

Após conhecer o fluxo de caixa do negócio, com todas as receitas e despesas em mãos, é possível fazer a previsão de alguns cenários futuros e, dessa forma, elaborar projeções baseadas neles. Também é necessário ouvir as opiniões/sugestões dos funcionários de cada departamento, a fim de descobrir o que pode ser otimizado diretamente com quem faz as coisas acontecerem no dia a dia da corporação.

Depois disso, você pode prever alguns cenários para definir metas de atuação, favorecendo, assim, o planejamento financeiro. Nessa fase, é possível ordenar receitas e despesas, criando as médias mensais. Daí em diante, basta elaborar:

  • as metas do empreendimento para o futuro (próximos meses ou anos);

  • um cronograma para alcançar essas metas;

  • quais departamentos e funcionários ficarão encarregados por cada uma das ações.

Para constatar se a viabilidade desse tipo de planejamento é apropriada, utilize a ferramenta 5W2H (metodologia bastante difundida entre administradores), que é a junção de 7 perguntas básicas que devem ser feitas neste estágio:

  1. what: o quê;

  2. when: quando;

  3. who: quem;

  4. why: por que;

  5. where: onde;

  6. how: como;

  7. how much: quanto custa.

Desse modo, quando lançar qualquer tipo de despesa no planejamento financeiro, antes realize essas perguntas a fim de eliminar erros ou inconformidades.

Vale ressaltar que a técnica 5W2H pode ser usada em todas as áreas da sua empresa.

Tenha um bom sistema de gestão

Se sua empresa contar com o auxílio de um software de gestão ERP, realizar o planejamento financeiro será muito mais simples e prático.

Por meio desse sistema, é possível controlar de perto o fluxo de caixa, checar em segundos a situação atual do estoque, identificar o histórico de compras e vendas, emitir boleto (e notas fiscais) e analisar todo o desempenho da empresa, graças aos relatórios e gráficos, que são elaborados automaticamente.

Assim, torna-se fácil obter todos os dados e informações sobre o negócio para projetar o planejamento financeiro, verificar se as metas estão sendo cumpridas e identificar onde estão as falhas que interrompem o crescimento da empresa, redefinindo os rumos do empreendimento com facilidade e segurança.

E então, gostou deste conteúdo? Aproveite essa oportunidade e assine nossa newsletter para receber mais conteúdos relevantes como este. Até a próxima!

Curtiu esse conteúdo?

Compartilhe nas redes sociais. ;)

E assine nossa newsletter para receber muito mais conteúdo direto no seu e-mail.