4 dicas para iniciar o planejamento financeiro para 2018

23 de novembro de 2017, às 14:00

Com o final do ano se aproximando, já é hora de pensar no planejamento financeiro de  2018 e levar em conta as projeções, metas e diretrizes econômicas para o ano vindouro. Com expectativa tanto de inflação quanto de juros baixos, o Banco Central mantém previsão de crescimento e retomada de desenvolvimento do país.

Diante deste cenário, um planejamento financeiro para o próximo ano se torna fundamental para quem busca otimização dos trabalhos, melhoria nos resultados e visão mais estratégica. Por isso, neste artigo daremos algumas dicas que podem ser bastante úteis nesta importante tarefa. Continue a leitura e confira!

A importância de fazer um planejamento financeiro

O planejamento financeiro permite a organização e controle de todas as receitas e despesas do período, assim como a análise de gastos — tanto os que já passaram quanto os futuros.

Esse acompanhamento é muito útil para a manutenção de um orçamento saudável que garanta um fechamento no azul. Também é possível identificar, corrigir erros e diminuir gastos desnecessários ocorridos em períodos anteriores.

4 dicas para fazer um planejamento financeiro eficiente

Um planejamento financeiro não é algo difícil de ser feito, porém, com as dicas a seguir, você obterá ainda mais sucesso.

1. Conheça a sua atual situação financeira

Saber a sua real situação financeira é o primeiro passo para se organizar de maneira eficiente. Portanto, faça um levantamento e alinhe suas pretensões de acordo com os resultados de períodos anteriores.

Determine prioridades, como o pagamento de possíveis pendências financeiras e/ou dívidas existentes. É indicado que você estabeleça metas para 2018 como um teto de gastos — que pode ser feito com base nas despesas de 2017.

2. Estude o mercado e suas estimativas

Entender o mercado e suas estimativas também é fundamental para alinhar os investimentos de uma empresa. Atualmente, o mercado financeiro prevê expansão do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 0,70% para 0,72%. Já para 2018, é esperado um crescimento de 2,5%.

Esse cenário mais otimista pode oferecer diversas oportunidades de negócios e investimentos lucrativos, portanto é preciso ficar atento para se beneficiar das melhores oportunidades.

3. Seja realista

Definir uma meta alcançável é muito importante. Para isso, é preciso analisar com clareza e organizar seu orçamento de acordo com os ganhos e despesas mensais — sejam elas fixas ou variáveis. Leve em consideração todos os gastos incluindo salários, rendas extras e impostos.

Quanto mais adequado a sua realidade, maiores são as chances de sucesso de seu planejamento financeiro após o período estabelecido inicialmente.

4. Utilize um software online

Um sistema online eficiente oferece fácil acesso e controle sobre todo o processo financeiro com históricos completos de gastos e ganhos, entre outros benefícios. Essa ferramenta é muito útil para ter embasamento em decisões futuras, além de auxiliar em funções como:

  • ​gerenciamento de equipe financeira;
  • acompanhamento de atividades realizadas;
  • auxílio para lidar com inadimplência;
  • auxílio para gerir fluxo de caixa;
  • emissão de nota fiscal;
  • geração de boleto;
  • possibilidade de utilizar um sistema para cada atividade;
  • planejamento orçamentário;
  • otimização de processos do financeiro;
  • melhoramento de ferramentas;
  • integração das ferramentas;
  • geração e controle de contratos;
  • contabilidade;
  • tributação.

Tendências do mercado para investimentos em 2018

Alguns negócios têm se apresentado como promissores para o ano de 2018. Entre eles é possível destacar os de:

  • cerveja artesanal — um mercado que tem crescido nos últimos anos em que podem ser apresentadas novidades e diversidade de sabores e aromas;
  • produtos orgânicos — mercado atualmente aquecido e que apresenta tendência de crescimento pelos próximos anos;
  • pets — setor que tem apresentado crescimento impulsionado pelas mudanças no comportamento dos donos de animais de estimação.

Como você pode ver, nesse artigo demos algumas dicas que podem te ajudar com o planejamento financeiro, porém o mais importante é conhecer sua realidade e começar o quanto antes de acordo com suas expectativas e necessidades.

Agora que você já está a par de como se planejar financeiramente para 2018, compartilhe esse post nas suas redes sociais para que seus amigos também se preparem!

Curtiu esse conteúdo?

Compartilhe nas redes sociais. ;)

E assine nossa newsletter para receber muito mais conteúdo direto no seu e-mail.